Como não quebrar no meio da corrida?

Você passou meses treinando duro, na competição tudo estava correndo bem, quando nos últimos quilometros você deu aquela quebrada e não conseguiu manter a média de velocidade que você pretendia. Parece familiar essa cena?

Calma você não está sozinho(a). Uma pesquisa da revista Runners World Americana, constatou que 87% dos corredores pelo menos uma vez na vida começaram forte a corrida e pagaram o preço por isso no final.

Começar a corrida muito forte é um erro muito comum, pois é difícil segurar toda a vontade e energia acumulada assim que escutamos o tiro de largada. O problema é que começando muito forte, invariavelmente você terá que diminuir o ritmo no final da corrida pois o seu corpo terá que pagar o preço pelo ritmo alto.

O correto é dividir a corrida em duas partes e tentar fazer a primeira parte um pouco mais lenta do que o seu ritmo desejado, para então na segunda parte da corrida aumentar o ritmo e terminar a corria mais forte. Esse é o jeito certo de correr, pois ao invés de gastar toda a sua energia no começo da corrida, começar mais devagar, faz com que você tenha muito mais energia para o final da corrida. Acredite, pois é assim que os profissionais costumam correr, grande parte dos recordes mundiais são quebrados com essa estratégia.

Como fazer para não quebrar no final da corrida?

Para que isso não aconteça é importante tentar trabalhar o ritmo em todas os seus treinos de corrida. Se você vai fazer uma corrida qualquer, experimente começar a correr um pouco mais lento e ao longo da corrida, acelere para atingir o seu ritmo alvo.

Para aqueles que ja correr a mais tempo, use como referência começar a correr de 10 a 15 segundos mais lento do que o seu passo normal, e após 10min de corrida, acelere até o seu ritmo normal.

 

Conheça o seu ritmo

Para aqueles que correr provas longas, conhecer o seu ritmo de prova é muito mais importante, pois nas distâncias longas, esse tipo de erro costuma resultar em uma diminuição da performance muito maior.

Experimente nos treinos, descobrir o seu ritmo e seguí-lo em diferentes tipos de terreno e em diferentes climas.

 

Faça séries de tiros crescentes

Por ter vindo da natação, um esporte onde as séries de tiro fazem parte de praticamente todos os treinos, desde cedo pude desenvolver meu senso de ritmo e aprender a realizar as séries de modo correto, mas isso não é o que acontece com a maioria dos atletas que começam a treinar um pouco mais tarde. E com isso a dificuldade de segurar o ritmo durante as séries é grande.

A dica é a mesma para qualquer corrida: começar a série de tiros mais devagar do que a média proposta. Em tiros de 1km eu sempre começo 10-20seg mais lento do que o almejado e ao longo das séries eu consigo não só atingir a média proposta, mas também correr os últimos tiros mais rápidos do que média objetivada. No final, isso resulta em uma média mais baixa do que se eu tivesse tentado fazer todos no mesmo ritmo.

 

Acelerações no final do treino

Ao final das corridas, faça 3-4 acelerações curtas (10-20 segundos) em ritmo de prova. Isso faz com que o seu corpo acostume-se a correr forte mesmo fadigado. Fazendo isso você conseguirá também desenvolver uma melhor técnica de corrida.

 

 Dicas para os triatletas não quebrarem na corrida

Muitos triatletas costumam quebrar bastante na etapa de corrida dos triatlos, muitas vezes fazendo ritmos bem mais lento do que conseguem fazer durante os treinos. Isso geralmente tem duas causas (1) a estratégia nutricional e (2) o controle de ritmo de prova.

Para não quebrar na corrida do triatlo, lembre-se que o esporte envolve três modalidades diferentes, por isso é importante dosar o ritmo na natação e principalmente no ciclismo. Vale mais pedalar um pouco aquém do seu ritmo normal para ter mais energia sobrando para correr.

Outra coisa importante que muitos triatletas esquecem é de se hidratar e ingerir calorias suficientes durante a etapa de ciclismo, para se preparar para a etapa de corrida. Desidratado e com a glicemia baixa, fica quase impossível correr bem!

Bons Treinos!

 

Quer saber mais? Então Assine gratuitamente nosso Minicurso de Corrida e receba dicas para correr melhor!

 

Assine nossa lista e receba nossos artigos em seu email.

Conheça nossos planos de treinamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *